sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Do ínicio!

Bom vamos começar então! No geral até certa idade fui uma criança com um peso normal, amava doces, mas como era muito ativa eu comia e nem sentia um aumento no peso. Com uns 9, 10 anos meu peso começou a aumentar, até certo ponto eu era maior que as outras crianças, e com isso passei a cada ver ser mais sedentaria, pois tinha vergonha de praticar exercícios na frente dos outros, já que sempre ouvia todas aquelas piadinhas! As dietas começaram ai, até que com 11 anos tomei meu primeiro remédio para emagrecer ( minha mãe sempre foi neurotica com peso, então pra ela era normal uma criança tomar esse tipo de medicamento) fiz inumeras dietas, a das sementes, da proteina, com endocrino, enfim muitas tentativas frustradas. Com a adolescencia as coisas só pioraram, eu não tinha vontade de ir à escola pois as piadas e comentários eram quase insuportáveis. Fiz mais algumas dietas que deram certo, mas por pouquíssimo tempo, já que eram sempre a base de remédios ou de não comer nada o dia todo. No meio do caminho, acabei desenvolvendo um quadro de bulimia, onde eu vomitava até a água que eu tomava. Mas era um ciclo vicioso pois quanto mais eu vomitava mais comia também, achava que podia encher o espaço de novo. Por sorte minha mãe percebeu esse disturbio cedo e eu passei a frenquentar as consultas psiquiatricas semanalmente. A bulimia eu consegui tratar mas o que se mostrava mais evidente na terapia é que o peso era meu grande problema, fiquei com um grande trauma devido as piadas que eu sempre escutava, e por isso me sentia horrível. Minha irmã sempre sofreu com o peso também, até mais do que eu. Então há três anos atrás ela fez a gastroplastia, na época ela estava com 110 kg, no começo a família ficou um pouco preocupada, mas após frequentarmos as reuniões do grupo, ficamos totalmente á vontade com a idéia. Então no dia 6 de dezembro de 2007 ela fez a cirurgia. A recuperção foi tranquila, nada de anormal. E hoje ela está magra e saudável. Eu não pensava em cirurgia, pois sabia que não tinha o peso e IMC nescessários, confesso que isso me desanimava mais ainda de alguma forma. Até que em maio deste ano, fiz a cirurgia pra tirar a vísicula pois estava com calculos, e no processo dos exames descobri que tinha uma hérnia de disco na coluna lombar, ai então descobri porque estava com dificuldades para caminhar e dores horríveis na coluna. Fui levando por mais alguns meses, até que em setembro um episódio mudou tudo. Fui com minha irmã na loja Marisa, pra ver se achava alguma calça que servisse, peguei alguns modelos 48 e somente um serviu ( apertado ainda) me senti muito mal, pois isso acontecia sempre comigo, nunca comprei uma roupa da qual eu gostasse e sim a que servia. Eu então disse para ela que se pudesse estaria disposta a fazer a cirurgia, mas achava até então que era impossível, pois ai ela me disse que por causa da minha hérnia talvez eu poderia operar, ja que o peso e as dores estavam limitando muito minha vida ( moro no terceiro andar e toda vez ao chegar em casa é uma tortura subir tudo isso ). Na semana seguinte marquei a consulta com o mesmo cirurgião que operou a minha irmã, cheguei lá achando que ele me chamaria de louca e me mandaria para casa. Mas para minha surpresa ele depois de listar todos os problemas de saúde que eu tinha me disse que mesmo que meu IMC não fosse 40 eu poderia operar, pois quando o paciente possui comorbidades esse IMC passa para 35, número que eu já tinha. A partir deste dia minha perspectiva de vida e de futuro mudou, pois agora teria uma segunda chance para me alimentar corretamente e ter uma vida saudável.


UUUUFA que post longo, mas essa é uma parte da minha história. O resto continuo depois!
Sou meio jeca com computador, por isso o blog é bem simples!

Beeeijos

2 comentários:

  1. Ola sou de Porto alegre tambem,e pretendo fazer a gastro até março.
    Ainda estou escolhendo o profissional.
    Vi que vais operar no divina,os médicos que consultei e estou em dúvida para operar,operam la.
    Qual o nome do teu cirurgião???
    Quer conversar sobre o assunto???
    Qualquer coisa estamos ai!!

    ResponderExcluir
  2. OI Paula
    Tudo bem?
    Que bom que vais encarar este desafio da mudança e da vida nova.
    Tens msn?
    Podemos trocar figurinha.
    Deixa lá no Piggy
    beijoo

    ResponderExcluir