quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Vooooltei!!!

Muita coisa pra contar, hehe! Bom, vou começar pelo grande dia. Cheguei no hospital por volta de 13:15 e minha cirurgia estava marcada para as 14:00. Entrei para o centro cirurgico por volta de 14:05, fui bem calma, não chorei nem nada! Minha mãe na hora de me dar tchau que ficou aos prantos e eu lá acalmando ela, dizendo que tudo ia dar certo. Conversei um pouco com o anestesista, conheci os medicos auxiliares até que o meu cirurgião chegou, abracei ele e disse boa noite, até amanhã, depois apaguei. A cirurgia durou cerca de 4 horas, e foi aberta mesmo. Acordei na recuperação com bastante dor, minha mãe conseguiu entrar pra ver e depois foi embora já que eu dormiria na recuperação. A noite foi meio ruim, bastante dor e desconforto, no meio da noite tive febre e meus batimentos estavam em 150 bpm, dai já ligaram para o medico que pediu que monitorassem que ela já estava vindo. Enquanto isso o cardiologista veio e eu fiz um eletro, que a principio deu normal. Desci pro quarto à tarde, já cheguei lá com muita dor, dai já tomei medicação e dormi. Acordei com dor novamente  e dor no peito, já que meus batimentos continuavam em 150 bpm, então o cardiologista veio de novo e fiz outro eletro, aparecia taquicardia sinusal, que até agora eu nem sei direito o que é mesmo. O médico achou que era por causa dos remédios fortes para dor, como dolantina e morfina, cortou essas medicações
e me encaminharam para o CTI, onde poderiam manter um monitoramento cardiáco, lá a noite foi agitada, exames de sangue, eletro, raio-x, os médicos da equipe vieram e estava tudo normal, o aceleramento nos batimentos, poderia ser ou pelas medicações ou emocional mesmo. Fiquei lá até segunda de tarde, quando desci para o quarto. Fiquei até quinta no hospital, tirei o dreno lá mesmo antes de vir pra casa!  Os caldinhos no hospital até que não eram ruins, tomei água e chá. Em casa as coisas melhoram, pude tomar gatorade, água de coco e sucos. Vou ficar um mês tomando remédio para controlar os batimentos, mais por precaução mesmo. No hospital foi isso mesmo, não sei se foi só eu mas senti bastante dor. Enjôos só no primeiro dia. Tomei água tranquilamente, assim como os outros líquidos tem descido super bem também.

Depois eu volto contando como tem sido em casa. Beeeeijos meninas!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Today is the day :)

É hoje! Parece que faz um milhão de anos que eu fui pela primeira vez no consultorio do cirurgião! Lá se foram dois meses, e daqui à alguma horas lá pelo meio dia, eu tenho que estar no hospital para a cirurgia. TÔ COM FOME!!! haha dieta líquida de 4 dias, e já to a 8 horas de jejum, e como o querido ainda não foi reduzido, eu tô com fome! Pela hora do post, dá pra ver que eu nem dormi! Sofro com insônia sempre, e em vespera de coisas importantes então, não consigo pregar o olho. Medo da cirurgia, cortes, anestesia e essas coisas eu não tenho, alias nunca tive problema com hospitais e remédios. Acho que meu maior medo é o depois, e se eu não emagrecer, e se eu tiver algum problema, se não conseguir seguir a dieta. Até entendo esse meu medo, pois sempre sonhei em estar magra, e toda vez que tentava algo novo, eram um milhão de expectativas depositadas e depois jogadas fora, pois nunca davam certo. E agora eu estou muito perto de realizar esse sonho! Estranho isso né, a gente quer tanto uma coisa, quase nem acredita que um dia ela possa acontecer, que quando acontece a gente fica até meio que duvidando. Sei que vai ser difícil, mas depois da cirurgia será tudo comigo e o resultado vai depender da minha força de vontade. Que espero, eu tenha de sobra.

Um muito obrigada as meninas que sempre comentam aqui, é muito importante saber que alguém lê e entendo o que tu escreve. E se tiver alguém que lê e não comenta também, muito obrigado!

Acho que vou demorar um pouquinho pra postar depois da cirurgia, pois vou ficar na casa da minha mãe, sem o pc! Mas volto com notícias. Um beijão!